O projeto concluído com a pintura de um graffiti na escola une duas disciplinas: História e Arte.

Tudo começou no 1º trimestre, quando as 1ªs séries A e B do Ensino Médio estudaram Arte Rupestre, com a professora Giovana Capucim e Silva.

A partir daí, ela e a professora de Artes, Simone Rocha, tiveram a ideia de estudar as relações entre a Arte Rupestre e a Arte Urbana, levando em conta aspectos como a ocupação do espaço público e o modo de as pessoas se expressarem.

Os alunos fizeram um único trabalho (um desenho) para as duas disciplinas.

Dois foram selecionados por se enquadrar melhor na proposta e por terem características mais adequadas para serem reproduzidas num muro.

Graffiti na Escola

Nesta quinta-feira, o grafiteiro Pedro Alves esteve no Colégio para ensinar noções básicas para que os desenhos selecionados fossem grafitados no muro da quadra externa.

Todos os alunos dos 1º anos participaram da atividade.

“Mais do que habilidades de arte, o que todos estão exercitando ao grafitar os desenhos são as habilidades sociais. Cooperar é a palavra chave”, disse a professora Giovana.

Os alunos tiveram que solucionar problemas, uma vez que nunca haviam feito um grafiiti.

Eles também precisaram trabalhar em equipe e exercitar a cooperação.

O resultado, além de enriquecedor para os alunos, ficou lindo!!!